Popular Posts

sábado, 24 de abril de 2010

A distração de Queiroz

Tenho assistido com grande interesse ao episódio em torno da possível convocatória de jogadores do Benfica para a selecção nacional. Faço desde já a minha declaração de interesses: os jogadores que me perdoem, mas preferia que nenhum lá fosse. Estou convicto que o Mundial 2010 será uma espécie de reedição da Coreia do Sul, e além do mais treinar com um asno como o Queiroz deixa sempre marcas, é inevitável.


Não deixa de ser engraçado que a mesma pessoa que inventou Paulo Sousa a lateral esquerdo depois de ter tirado Paulo Torres naquele mítico 6-3 à chuva em Alvalade, seja o mesmo que prontamente responsabilizou Scolari por tudo aquilo que o próprio faz a menos que o brasileiro, e que agora se venha por em bicos de pés para anunciar aos sete ventos que viu em Coentrão um lateral esquerdo antes de todos os outros. Curioso como essa aposta tão convicta e pessoal o tenha impedido de o lançar a lateral na selecção. Numa selecção tão carente de laterais e tão saturada de extremos, Queiroz lançou a sua aposta pessoal... a extremo.


 Jorge Jesus entretanto não deixou de dar a bicada ao competente professor, dizendo que a possível ausência de Coentrão e Amorim do Mundial só se poderão ficar a dever a uma grande distracção de muita gente. Foi a mesma distracção que permitiu a Queiroz limpar a face depois daqueles 6-2 no Brasil, pondo as culpas no indefeso Quim, que desde então não mais voltou à selecção apesar de ser, claramente, o melhor guarda-redes português.


A diferença para Scolari não podia ser maior. Tudo bem que o Benfica tem poucos portugueses com lugar cativo no onze inicial, mas ainda assim consegue tem um punhado de escolhas regulares cujo momento de forma e embalo competitivo não são de desprezar. Scolari, esperto, pegou na espinha dorsal do Porto de Mourinho e construiu à sua volta o resto da selecção. Queiroz despreza a espinha dorsal do melhor Benfica dos últimos 30 anos, e prefere construir a selecção em torno de uma das duplas de centrais mais intranquilas do campeonato, e em torno de um meio campo que está a 26 pontos da liderança no campeonato português. Sintomático.


Quem me aponta um nº 10 português em melhor forma que Martins? Quem me aponta um interior melhor que Amorim neste momento? Um lateral melhor que Coentrão? Um guarda-redes melhor que Quim?


Dou graças à épica e lendária incompetência de Queiroz. Safa os nossos rapazes de uma previsível humilhação na África do Sul. O lugar deles é no Benfica, onde têm e podem ter muito mais carinho do que alguma vez terão na selecção. Deixem esse mago da colocação de pinos a falar bonito para os jornalistas, e entretenham-se antes a evoluir efectivamente como jogadores pela mão desse fã de pastilhas elásticas que é o Jesus. É melhor, sem dúvida.

7 comentários:

Só continuo a não perceber como é que tem tanto apoio dos intelectuais da bola... o homem tem um currículo fraquíssimo!!

O Jesus mandou a facadinha mandou... lembrei-me logo disso quando o vi a falar na BTV ehehe

Não gosto muito de fazer prognósticos sobre estas grandes competições, mas mais que nunca, esta parece reservada ao fracasso.
O trabalho que este senhor tem feito na selecção da fpf, é de uma qualidade muito duvidosa.
Parece sobretudo, estarmos a observar uma relação promiscua tão descarada entre os lobbyes instalados na fpf, que só isso justifica dudas, eliseus, rolandos, etc etc

esse CQ q vá com o crl
..
trabalho mais fraco era impossivel

nem mais!!melhor no seio da nossa familia, k numa selecçao que nao os merece!!

O Quim pagou o pato de um jogo mal marcado, o do Brasil. Todos falharam, inclusive Quim, mas serviu de bode "respiratório", como disse o outro. Pela primeira vez, acho que não vou apoiar a Selecção, pois apenas vejo um Brasil-B e uma extensão do FC Porto. De qualquer forma, acho que não passam da primeira fase. Na Coreia, o Oliveira tirou o guarda-redes rotinado, encima da hora, pelo amigo, que tinha feito aquela "fabulosa" exibição contra a Coreia do Norte ... perdão, a China.
Agora, vejo uma nova Coreia ou México no horizonte ....

Publicar um comentário