Popular Posts

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

David Luiz


A saída de David Luiz para o Chelsea foi hoje oficialmente anunciada pelas partes envolvidas. O jogador seguirá a sua curta mas brilhante carreira em Inglaterra, onde será companheiro de Ramires no clube Londrino. Mais do que discutir se os valores do negócio são, ou não, justos entendo que o que importa salientar é o timing da venda. Vender David Luiz a meio de uma época, com provas por disputar, com títulos por discutir, na antevéspera de um jogo importantíssimo com o maior rival da actualidade é uma verdadeira irresponsabilidade em termos desportivos. Pintem o quadro como pintarem, não há volta a dar.

Do meu ponto de vista, a verdadeira razão da venda de David Luiz nesta altura devia ser explicada de forma totalmente transparente aos sócios e adeptos. Sei que não acontecerá, e que a direcção, legitimada pelos 91% dos votos obtidos nas últimas eleições, não sente a necessidade de o fazer e a verdade é que a maioria dos benfiquistas também não sentirá necessidade de o saber. Sendo este o mandato desportivo e dado que a proposta do Chelsea não foi, longe disso, irrecusável sou obrigado a concluir que qualquer que tenha sido a razão da venda, esta não terá tido absolutamente nada a ver com o facto de a liderança do campeonato estar a uns distantes 8 pontos, até porque existem outras competições para vencer. Algumas pistas já foram deixadas e é precisamente aí que quero chegar: o Benfica decidiu vender David Luiz pela necessidade de realizar capital, de modo a fazer face a problemas imediatos de tesouraria. Interpretação certa, errada? Tirem as vossas conclusões.

Ao jogador só me resta deixar um obrigado. Obrigado pelos grandes momentos, obrigado pelo amor ao clube, obrigado pelo benfiquismo, obrigado pela humildade, obrigado por tudo. David Luiz foi, nestes 4 anos em que vestiu a camisola do clube, o verdadeiro jogador à Benfica. Não nos esqueceremos dele, tal como ele não se esquecerá de nós.


1 comentários:

Publicar um comentário