Popular Posts

sábado, 31 de dezembro de 2011

Top 10 Relatos do Ano - 2011

Com mais um ano a chegar ao fim, pensei em dar continuidade à tradição de partilhar com os leitores os 10 relatos mais marcantes do ano. Apesar do sentimento de desilusão que marcou a primeira parte de 2011, ainda foi possível captar em áudio vários momentos altos que ficarão bem guardados no baú das recordações benfiquistas. Vamos lá recorda-los:


10. Benfica 1-1 Man Utd - Cardozo 24' 
Estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões 11/12 e logo contra o finalista vencido da última edição. O Estádio da Luz vestiu-se de gala para receber o Man Utd e, apesar do empate, a equipa não desiludiu. A primeira parte levava pouco mais de vinte minutos quando Cardozo inaugurou o marcador de pé direito após uma bola longa de Nico Gaitán.

9. Man Utd 2-2 Benfica - Pablo Aimar 61' 
O Benfica deslocava-se a Manchester com o apuramento por garantir e com a esperança de acabar a partida já nos oitavos de final. O jogo correu de feição e pela primeira vez os encarnados deixavam Old Trafford sem o peso de uma derrota, graças a um empate histórico a duas bolas. O segundo golo foi de um génio argentino chamado Pablo Aimar.

8. Benfica 2-1 Sp. Braga - Cardozo 59' 
Meia-final europeia entre duas equipas portuguesas. O Benfica ia empatando a um golo com o Braga e a impaciência já tomava conta das bancadas. Entretanto, livre a 20/25 metros da baliza de Artur, com Cardozo a aproximar-se para bater. O resto já vocês sabem. Um golaço do internacional paraguaio, a garantir uma inglória vantagem para o jogo da segunda mão.


7. Benfica 4-1 PSV Eindhoven - Toto Salvio 51' 
Num duelo já com história, visita do PSV ao Estádio da Luz e derrota copiosa por 4-1. O grande momento da partida foi todo de Aimar e do fantástico festejo após a marcação do primeiro golo. O relato, porém, não faz justiça ao momento pelo que o destaque neste top vai para um dos golos que coroaram a grande exibição de Salvio nessa partida. 


6. FCPorto 0-2 Benfica - Javi Garcia 26'  
O Benfica deslocava-se ao Dragão para as meias-finais da Taça de Portugal com o orgulho ferido depois de uma estrondosa derrota no mesmo local uns meses antes. Desta vez, a equipa entrou de forma fantástica e passados apenas 26 minutos já vencia por duas bolas a zero. Fábio Coentrão abriu o placar logo no início e Javi Garcia ampliou a vantagem pouco tempo depois. Os encarnados garantiam uma importante vantagem para a segunda mão que, infelizmente, se viria a mostrar insuficiente.


5. Benfica 2-1 Marítimo - Fábio Coentrão 90'
A época já cheirava a desilusão mas o Benfica mantinha-se na esperança de chegar ao topo da tabela. O jogo era frente ao Marítimo, e tudo parecia conjugar-se para uma vitória tranquila. Errado. Foi apenas à passagem do minuto 94 que Fábio Coentrão garantiu a vitória numa das maiores explosões de alegria da época no Estádio da Luz: 

O Benfica visitava a Alvalade ainda com os olhos postos no título e a vitória era o único resultado que interessava. Quando o jogo seguia a sua ordem natural - o Benfica, mais forte, ia vencendo por 1-0 - Sidnei era expulso e tudo parecia poder complicar-se. Nada de mais errado. Já na segunda parte, após jogada de insistência na direita, Nico Gaitán descansava os adeptos encarnados com um grande golo a Patrício.

 3. Benfica 1-0 Sporting - Javi Garcia 41'
Mais um derby a figurar no top, este na Luz e ainda bastante fresco na memória de todos. O Sporting passara as semanas antecedentes ao jogo em clima de euforia e uma vitória na Luz parecia certa na mente dos adeptos sportinguistas. But not so fast. Como já vem sendo hábito, um Benfica combativo, personalizado e reduzido a 10 venceu o seu grande rival e Javi voltou a ser o grande herói do lado encarnado.


2. FCPorto 2-2 Benfica - Nico Gaitán 83'
Jogo grande no Dragão com as duas maiores equipas portuguesas empatadas no topo da tabela. O Benfica entra amedrontado, fica em desvantagem, reage, volta a ficar em desvantagem e quando o jogo já  parecia mais ou menos decidido e caminhava a passos largos para o seu  final o Dragão fica em silêncio. Um golaço de Nico Gaitán, brilhantemente assistido por Saviola, garantia um importante ponto ao Benfica na casa do maior rival da actualidade. 


Meia-final da Taça da Liga e mais um clássico dos clássicos na Luz. O Benfica aparecia como claro favorito mas o jogo arrastou-se teimosamente empatado até próximo do final quando Javi Garcia (o Sporting já é seu cliente habitual) foi lá à frente fazer o golo da vitória. Um golo e um momento inesquecíveis.


2 comentários:

Mas, tem que haver relatos do João Ricardo Pateiro. Este, do Gaitan, no Dragão é espantoso: http://www.youtube.com/watch?v=bm7mdtd79U0

Abraços vermelhos, JP

Participe do Super Quiz, desafio 4:
http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-desafio-4-bonus-epecial.html

Como são dados os pontos:
http://fcgols.blogspot.com/2011/12/super-quiz-primeiro-desafio-lancado.html

O Super Quiz não distribui prêmios, é apenas para distração de nossos leitores.


Bola Furada d'or, pior tombo de 2011:
http://fcgols.blogspot.com/2012/01/bola-furada-dor-primeira-postagem-do.html

Enviar um comentário